Não deixe as dores da alma deformar o seu rosto.

large (16)

Não deixe as dores da alma deformar o seu rosto. Sorria!

Sorrir mesmo com ‘dor no coração’, não é covardia, medo ou mentira (provérbio 14:13).
Não é masoquismo, prazer em guardar a dor! Sorrir no sofrimento da alma, é externar a confiança em Deus!
É lançar em ações sobre Ele a nossa ansiedade. (I Prdro 5:7)
Do que adianta expor o desespero, a dor? Quando fazemos isso diante das pessoas, ali mesmo recebemos o alívio da alma talvez, mas a solução só estará no Senhor. E contar ao mundo sobre as enfermidades da alma, é dar ao mundo liberdade para diagnósticos errôneos dados pela sociedade, cujo a mesma contrária a verdade da palavra de Deus! Isso abre janelas, e até portas de dúvidas, algo que arranca o sorriso da confiança no Senhor, e também nos arranca a recompensa que nos é dada por sorrir na dor.
O sorrir dos lábios em tempos de choro na alma é resultado dos frutos do Espírito Santo, é o autocontrole e a temperança (Gálatas 5:22). É usar a razão e fugir da possibilidade de ser vítima do coração ( Jeremias 17:9). Sorrir é mostrar a fé, certeza daquilo que não vemos mas esperamos (Romanos 8;24), assim agimos como se a alma estivesse tão alegre quanto a face.
Sorrir é testemunhar que aquele que tem Deus, não tem como desmoronar (Josué 1:9).
Chorar as vezes, tudo bem! Mas logo em seguida sorrir de novo, e esperar o consolo que vem do Santo Espírito. (Jó 6:10)
Sorrir é disciplina, é mostrar para o coração que ele não domina!
Sorrir é ser boa companhia, e testemunhar com a face o milagre que ainda não aconteceu. É dar esperança para aquele que também tem a alma enferma, mas ainda não aprendeu a dominar o corpo porque não domina a língua (Tiago 3:2).
Sorrir é ajudar a curar sem falar! É fazer alguém acreditar que ainda há como vencer!
Sorria, não deixe o coração te convencer a deformar a face! Sempre estará tudo bem (II Reis 4:25-26), porque não importa como começou o importante é como termina (Isaias 61:7), e a última palavra sempre vem do Senhor (Provérbio 16:1)

Escrito por: Demi Menezes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s