Eu não sei cuidar de mim

pexels-photo-192530

Penso que já sei de muita coisa, que já entendi muito da vida, que já aprendi tudo aquilo que deveria, que eu posso agora dar um passo sem perguntar à Deus o que fazer, porque eu já sei como agir. Penso que agora sou decidida, sei para onde devo ir, o que devo escolher, como devo me comportar, que amadureci. Até que em um certo momento  “quebro a cara”, choro uma noite sem parar, me questionando sobre o porquê daquilo ter me acontecido, logo comigo, que sempre fui sincera, não merecia aquilo; “Né Deus? Você pode me ouvir? Você está aí? Pode ouvir meu coração esmagando?”. Até questiono se Ele estava ainda comigo pois o Seu silêncio era grande. Mas como Ele é um Deus tão misericordioso, tão bondoso, vens mais uma vez e me ensina que pouco sei, que preciso orar todo dia para não me enganar e acabar sendo guiada pelas minhas vontades, que preciso orar para que minha decisão esteja de acordo com a vontade Dele. Percebo que eu não sei cuidar de mim. Continuar lendo

Anúncios

Eu não precisava de muito

large (7)
Eu só precisava de alguém que tivesse paciência comigo, que entendesse as minhas feridas e a parede que criei em meu coração. Alguém que visse os meus bloqueios como algo que pudesse ser destruído, que não entendesse as minhas grosserias e falta de romantismo como falta de sentimento, mas como medo. Medo de me machucar, de novo.
Eu só precisava de alguém que olhasse para mim por segundos e que sussurrasse ao meu ouvido o quanto eu estava linda, que gostasse do meu pijama velho, do meu cabelo desarrumado e que adorasse a decoração nova que fiz no meu quarto.

Continuar lendo

Eu escolhi você

large (1)

Eu escolhi você

Eu escolhi você porque desde quando você entrou na minha vida o meu mundo preto e branco tomou cor. Eu escolhi você porque meus domingos a tarde deixaram de ser tediosos e eu passei a gostar de ficar um sábado a noite em casa com o meu pijama velho vendo um filme qualquer ao teu lado

Eu escolhi você porque eu aprendi que posso ser muito e que melhorar algumas coisas em nós é preciso e faz parte do nosso crescimento.

Eu, com você, sou mais. Eu, com você, sou soma e não divisão.  Continuar lendo

Diferenças no relacionamento

large (1)

“Somos diferentes demais, acho que não vai dar certo”. “Temos sonhos muito diferentes”
Ei, não é problema ser diferente, o problema é não aceitar as diferenças, não é problema ter sonhos diferentes o problema é não incluir o outro nesse sonho.
Não acho que ser diferente seja realmente um problema, o problema é que nós – principalmente meninas- fomos alimentadas desde pequena com essa ideia de que o príncipe encantado existe, sendo assim, os contos de fadas (sempre com um final feliz) não nos prepararam para a realidade.
Estamos acomodados com a mesmice, com o igual – é mais fácil- e sair da zona de conforto ter que aprender a lidar com as diferenças exige um esforço enorme de nós e isso as vezes se torna motivo para terminar um relacionamento. Continuar lendo

Deixe o outro te amar a maneira dele

pedido-de-casamento-3Cada um tem o seu jeito de amar, um jeito único, sublime, nobre. Um jeito todo seu, de amar alguém. Acontece que quando embarcamos num relacionamento queremos, muitas vezes, que a pessoa nos ame do mesmo jeito e se esse jeito não for como o nosso, já se torna motivo para acreditar que não existe amor no relacionamento ou que você é quem gosta mais, se interessa mais. Continuar lendo

Não compare o seu relacionamento com o dos outros

13023216_901282416637665_1370860007_n

 

Digo há muito tempo que amor é algo singular, que cada um ama ao seu jeito, que não existe fórmula, que não é algo como uma lista que você consulta para saber quantos dos inúmeros itens descritos você já “tem”. O amor não é algo para comparar e muito menos para querer copiar. Então, não compare o seu relacionamento com o de ninguém e ponto.

Nós temos a mania de achar que a grama do vizinho é sempre mais verde e bonita e acabamos esquecendo de regar a nossa, de cuidar do nosso verde, do nosso jardim, porque perdemos tempo olhando demais para a do outro. Às vezes – na maioria das vezes- achamos que o relacionamento dos outros é perfeito, e baseamos essa perfeição, em fotos sorridentes postadas no Facebook, em jantares românticos, fotos “espontâneas”, viagens… e aí achamos que só o nosso relacionamento é feito de desafios.

Acontece que nesses pilares de perfeição elencados por nós, queremos que o nosso parceiro seja uma cópia exata e total dos “fragmentos de tempo” que vemos por ai.

Mas na pática é diferente. Tem casal que se diverte cozinhando, tem casal que se diverte passando horas escolhendo um filme e no final acaba dormindo, tem casal que se diverte contando como foi a semana e rindo dos acontecimentos. Tem casal, ainda, que se diverte relembrando momentos. Tem casal que demonstra seu amor por meio de elogios, outros preferem presentes. Tem casal que gosta de sair, outros preferem ficar em casa. Tem casal que posta uma selfie com textão bonitinho e depois briga, tem casal que evita publicações e estão por aí se amando como ninguém. Tem casal que gosta de mandar recadinho, outros são mais discretos. Quando você entender que um relacionamento está longe de ser algo perfeito, você vai encontrar a essência do amor. Você vai entender que o amor não é uma luta, mas que vale a pena lutar por ele.

Na vida real você vai entender que seu namorado pode ser desligado com algumas coisas, que ele pode não ser muito expressivo, que pode não ser tão romântico como você gostaria… Ele pode não gostar de demonstrações de afeto em público, mas não há dúvidas que ele te ama: a gente sabe quando é amada. Ele pode ser desligado, tímido, nada romântico, mas ele cuida de você quando está doente. Ele liga pra saber se você está bem e se preocupa com você nos mínimos detalhes. Ele inclui você nos planos dele e planeja um futuro ao seu lado.

O amor em um relacionamento não se mede pelas selfies com sorriso escancarado, pelas legendas bonitinhas, os textos, as declarações…. Um amor em um relacionamento de verdade se mede pelo respeito, pela confiança, pelo cuidado, pela proteção. E isso, embora às vezes não transpareça ao público,  é algo que só da pra sentir e viver a dois.
Escrito por: Thamilly Rozendo