Eu orei, mas só orei quando me apaixonei.

large (12)

Eu orei, mas só orei quando me apaixonei.

Eu deveria ter orado por você! Não só agora. Muito tempo atrás, antes das brigas, antes da ansiedade, antes do confronto, antes das ofensas, antes de te deixar morar em mim.
Eu deveria ter orado mais por mim, depois de tantas lágrimas, depois de tantas feridas, depois de tantos vãos e frustração, antes de te convidar pra morar em mim.
Eu deveria ter me guardado em Deus! E eu achei que eu estava nEle, achei que tinha te encontrado no coração de Deus, no centro da vontade de dEle.
Que ousadia a minha, desde quando uma pessoa ferida tem uma boa visão da vida? A pessoa ferida só quer estancar o sangramento das emoções, ocupar de pressa o enorme buraco que está na alma dela.
Fui guiado sim pelo meu coração. E tudo que contrariava os meus desejos eu julguei ser ação do inferno, para me impedir de ser feliz. Enxerguei mais uma vez o que eu quis. Então não posso te culpar por me causar esse caos. Eu deveria ter orado mais, e ter ouvido a voz de Deus, mesmo quando contrariou a minha maior verdade. Eu deveria ter orado mais, ouvido os meus pais. Deveria ter respirado a liberdade de ser de Deus e estar só com Deus. Minha euforia, alegria de ver em você o que eu queria me fez encontrar sinais que “vinham da parte de Deus.” Que deus? Eu. Eu fui o deus de mim mesmo. Eu sempre repito que eu deveria ter orado mais… Mas na verdade eu deveria orar sempre. Ter uma vida de oração evita até os ruídos do coração. Porém inventei de orar só quando encontrei você, orei com tanta alegria, orei todas as noites. Construí uma vida de oração de repente. E quem ora vez ou outra, raramente reconhece a voz de Deus, e geralmente confunde a mesma com a voz do coração. Então não posso te culpar pela destruição causada em mim. A vida é minha, mas te dei espaço pra entrar. E eu? Eu inventei de orar só pra te conquistar, e todas as vezes que algo doeu ou saiu do lugar, orei pra Deus abençoar minhas escolhas, sem antes ouvir a proposta de me tratar, me curar de erros passados. Eu deveria ter orado desde sempre. Mas minha vida de oração dependia da alegria do meu coração. Hoje não! Hoje eu só quero orar pra conhecer a voz de Deus. Com você, ou outro alguém, mesmo sem ninguém, eu oro! Porque quem tem vida de oração, não precisa orar de repente pra saber se alguém é de Deus, ou não. Pois as orações só constroem laços emocionais saudáveis.
Eu aprendi com você, aprendi que sou casa, e antes de ser morada de um par, sou morada de Deus, e só quem tem intimidade com Ele, vai ficar. Enquanto isso, vou morar em Deus, e depois disso, vou morar em Deus. Eu vou orar mais, vou ouvir meus pais, vou lançar sobre Deus as minhas ansiedades, e parar de construir verdades, falsas verdades que favorecem as minhas vontades.

Escrito por: Demi Menezes

Anúncios

6 comentários sobre “Eu orei, mas só orei quando me apaixonei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s