Eu não precisava de muito

large (7)
Eu só precisava de alguém que tivesse paciência comigo, que entendesse as minhas feridas e a parede que criei em meu coração. Alguém que visse os meus bloqueios como algo que pudesse ser destruído, que não entendesse as minhas grosserias e falta de romantismo como falta de sentimento, mas como medo. Medo de me machucar, de novo.
Eu só precisava de alguém que olhasse para mim por segundos e que sussurrasse ao meu ouvido o quanto eu estava linda, que gostasse do meu pijama velho, do meu cabelo desarrumado e que adorasse a decoração nova que fiz no meu quarto.

Eu só precisava de alguém que se preocupasse com os meus problemas não a ponto de resolvê-los, alguém que olhasse meu passado e entendesse a minha dor, que visse que por trás dessa pose de forte existe uma fraqueza enorme.
Eu só precisava de alguém que esboçasse um sorriso para mim e desse aquela piscadinha como quem diz “eu estou aqui”, alguém que se lembrasse do meu chocolate favorito quando vai ao mercado, que se lembrasse que eu adoro café e que não dispenso um cafuné.
Eu só precisava de alguém que me abraçasse sem dizer nada e que me apertasse bem forte como quem diz “Eu te protejo”. Alguém que fizesse dos meus domingos tediosos mais alegres e que tornasse um filme dublado engraçado e divertido. Alguém que me mandasse um verso bonito que leu num livro qualquer.
Eu só precisava de alguém que entendesse que não sou o que dizem e que visse o melhor de mim. Alguém que despertasse a melhor versão de mim mesma. Alguém que me mandasse àquela música e me pedisse pra prestar bem atenção na letra. Alguém que sentisse saudade quando eu tivesse que partir.
Eu queria uma pessoa que entendesse o meu medo de se apaixonar, mas que fizesse com que eu me apaixonasse assim sem ver, sem perceber. Que fizesse o tempo voar e que a companhia fosse tão boa que até fazer nada seria bom. Alguém que topasse ficar deitado comigo, olhando pro céu, pras estrelas ou pra parede velha do meu quarto planejando um futuro mesmo que distante. Eu só precisava de alguém para compartilhar meus segredos, contar como foi o meu dia…
Eu só precisava de alguém que me encorajasse e que acreditasse na minha força. Alguém que se orgulhasse de mim, que vibrasse com as minhas vitórias e que adorasse brincar com o meu cachorro. Eu só precisava saber que alguém não ia desistir de mim, mesmo com todos os bloqueios que criei, que não ia desistir de mim na primeira briga, que não ia me abandonar no primeiro problema. Eu só precisava de alguém que tropeçasse nesse tal de amor, que esbarrasse em mim e me abraçasse como quem diz “esse foi o melhor tropeço da minha vida”.
 Alguém que esperasse o meu tempo, que acariciasse meus cabelos e me beijasse na testa. Eu só precisava de alguém que me encontrasse enquanto eu estava perdida. Que mudasse a direção e me dissesse “É bem por aqui” que segurasse minha mão e trilhasse comigo essa nova história. Eu só precisava de alguém que fizesse eu me arriscar e que me desse coragem.
Eu só precisava de alguém que me fizesse entender porque nunca deu certo com ninguém antes. Eu não precisava de muito, eu só precisava de você.
Escrito por: Thamilly Rozendo
Anúncios

7 comentários sobre “Eu não precisava de muito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s