Ei,nós homens não somos todos iguais

large (20)

Sempre escuto a mesma história de corações partidos cujo vilão da história é sempre o homem. Mas, pera lá menina, eu também sei amar.

Eu tenho um jeito bagunçado meio desinteressado as vezes, mas eu também sei amar. O meu tempo de entrega talvez seja mais demorado, mas eu também sei amar. É que depois de tantos tombos e tantas feridas a gente acaba ficando na defensiva, faz pose de durão pra esconder um coração partido. É que a gente cansa de ouvir sempre a mesma frase: “ Homens são todos iguais”, menina, não se prenda a isso não, só porque um babaca não soube ser homem.

Não se prenda a esse clichê cansado só porque alguém não fez a diferença na sua vida como você gostaria de fazer na vida dele. É que homem também sabe amar, do nosso jeito, mas amamos. Uns amam dando flores e fazendo declarações, outros gostam de elogios, outros amam oferecendo a sua companhia. Só não compara não ta? Desconstrua esse padrão de homem perfeito, porque tenho uma péssima noticia pra você: Não somos todos iguais, mas somos todos imperfeitos. Então deixa de lado esse conceito cansado, não use como modelo de homem um babaca que passou na tua vida e te deixou assim com feridas, por alguém que não soube valorizar teu sorriso bonito e que não viu a beleza que há em você.

Talvez você pense que nós homens somos todos iguais e que nós sei lá não sofremos por amor. Me desculpe, mas é que as vezes é mais fácil colocar uma máscara do que me desfazer de toda a armadura do que ir para uma guerra a qual eu sei que vou me machucar, eu sei que sei que vou perder. Sabe é que depois de uma entrega, depois de tanto se doar a alguém por inteiro, preparar o café da manhã, comprar flores e deixar o chocolate favorito dela em cima da cama a gente prefere se esconder do que tentar de novo. E então  quando a noite chega ela se despede como quem não quer ficar, coloca o bilhete rasgado no bolso junto com o meu coração. E aí você desmonta por inteiro e perde a direção. Leva tempo para recompor a poesia escrita de madrugada, o amor que ficou nas entrelinhas, o choro que quis aparecer e aquele pensamento de:”O que eu fiz de errado?”

E então, a gente se questiona e tenta pensar em que ponto falhou, você vai mesmo embora sem ao menos me dizer o que aconteceu? Eu te dei meu coração e você me entrega ele partido sem esboçar nenhuma expressão de que não está bem com tudo isso? E aí depois de se recompor, depois de se refazer você evita de longe pensar em relacionamento, certas coisas é melhor manter distância. Tenta apagar o passado e esconde qualquer chama que tenta reacender. Você decide sair mais com teus amigos e sei lá nem quer falar de casamento, pelo menos por um bom tempo. Ainda dói lembrar dela.

E então você se fecha, leva fama de coração de pedra, o que “ não sabe amar” e como justificativa te digo: Quem me garante que a próxima não será igual? Não é a mesma desculpa usada tantas vezes para não se envolver? Mulheres também sabem quebrar um coração, mas há mulheres que sabem amar.  Da mesma forma há homens que não pensam duas vezes antes de machucar um coração e não se importam em criar feridas, mas há homens que mesmo amadores sabem amar como ninguém. Então desapega desse clichê cansado porque na somatória dessa história somos dois corações partidos, dois corações que souberam amar quem não tinha nada para oferecer a não ser feridas. Somos dois corações que depois de tanto se machucar, desacreditou, deseja se recompor e prefere sei lá por um tempo, não embarcar nessa aventura do amor.

Escrito por: Thamilly Rozendo

Anúncios

2 comentários sobre “Ei,nós homens não somos todos iguais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s