Eu estou te aprendendo

blog

No começo da conquista eu fui me encaixando na sua vida pelas bordas, como se você fosse aquela torta que eu mais gosto de comer e não tive paciência para esperar esfriar. Pois é, sou um pouco ansiosa, essa sou eu! No começo eu media o sorriso, controlava a altura do riso, e mantinha a postura o tempo inteiro. No começo eu queria ser aceita, e tinha medo de expor a minha imperfeita maneira de ser. Mas com o passar do tempo fui gostando de você, de nós, e decidi me mostrar inteira. Eu removi o medo de não ser quem você vê. E torço para que ao me enxergar, você me ame por quem sou, por inteiro! Tenha consciência de que eu estou te aprendendo, e nunca vou saber tudo.

Tudo bem, ainda tenho medo de que o que é inteiro pra mim seja exagero pra você… Mas mesmo com medo estou aqui, me soltando, e ao mesmo tempo me prendendo. Quero que saiba que nem sempre se aprende lendo, a vida te obrigada a ir vivendo sem manual de instrução. E quando o assunto é coração, ah, não há filme romântico que esclareça bem o que você fez dentro de mim! E ainda que eu não me encaixe na sua canção preferida de amor, há um coração pulsante em mim. Ainda que eu não cozinhe o seu prato preferido como sua mãe, há zelo em mim. Ainda que eu não tenha prestado muita atenção no que você me disse no inicio da conversa… Eu espero não chegarmos ao fim por não saber ser quem você idealizou.

Eu vou rir quando você estiver irritado. Vou dormir no meio do filme. Vou sorrir para estranhos na rua quando você estiver todo “fechado.” Vou tirar o salto no meio da festa. Vou me atrapalhar toda com a sua pressa. Eu vou me distrair quando você começar a falar sobre o futebol; mas você compensa deixando de me ouvir no meio do jogo, respondendo com “ahan, entendi.” Vou me sujar toda quando comer doce. Vou ser grosseira sem perceber… Mas sabe, eu estou aprendendo você. Eu já percebi o que te rouba o riso, e por isso eu evito. Eu já decorei o caminho do seu lugar preferido. Já lembro o nome dos seus amigos, só confundo um pouco os rostos. Já decorei o seu gosto, e reconheço o seu perfume, que inclusive tem o costume de gostar da minha roupa. Já identifico sua voz de manha, e amo o seu bom dia rouco todas as manhãs. Eu estou te aprendendo! Já aceitei que você não é igual ao cara do filme de amor que eu gostava de assistir nos dias de “bad.” Já percebi que você não vai lembrar de comemorar todos os nossos aniversários mensais. Já sei que não somos iguais, e ainda bem! Haverá dias que vamos discordar mais, e outros vamos resolver apenas ignorar tudo o que nos faz brigar e morar no abraço um do outro, sem pensar na hora de ir embora.

Eu sou inteiramente imperfeita, e posso ser uma completa maluca; mas aqui estou eu, inteira, e hoje, sua! Eu estou te aprendendo, e nunca vou saber tudo. Mas não importa, é gostoso ir te lendo e vendo a poesia no que não é perfeito. A vida está acontecendo, e nós vamos aprendendo a nos aprender. Eu ainda sou eu sem você, mas admito que é maravilhoso ser eu ao seu lado. É, eu estou te aprendendo!

Escrito por: Demi Menezes

Anúncios

2 comentários sobre “Eu estou te aprendendo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s