Não devemos culpar a Deus por nossos erros

NAMORO CRISTAO
Acredite, não é culpa de Deus o que você está passando. Sei o que você está sentindo, sei que está com raiva por ter confiado em quem virou as costas sem olhar para trás, sei que você se dedicou e foi verdadeira em relação aos seus sentimentos e está decepcionada por ter sido abandonada, sei que tem vontade de chorar em lugares inapropriados e na maioria das vezes consegue disfarçar o choro, sei que tem vontade de ir para longe e não voltar tão cedo. Sei de tudo isso. Mas confia em mim, responsabilizar a Deus por mais uma decepção é um erro.

Continuar lendo

Anúncios

Você se enganou quando achou que o meu coração não tinha Dono.

8c043941-6535-4598-8fac-5b59de0c25ee

Você se enganou quando achou que poderia entrar em minha vida sem pedir ao meu Pai. Você se enganou quando achou que poderia trazer para o nosso relacionamento todas as coisas ruins que você tinha passado. Ah, como você se enganou ao pensar que o meu coração poderia ser somente passagem, e até foi pra você, não que eu quisesse. O meu coração é um lugar de parada permanente, não de idas e vindas. Se enganou ao achar que o meu Pai não estava escutando às minhas orações “Senhor, cuida de mim”. Se enganou ao achar que Deus estava nisso, e foi aí que também me enganei, e como não poderia, você manipulou a verdade tão bem. E qual era a verdade? Qual é a verdade? A verdade é que o meu Pai não traz confusão, traz tranquilidade. A verdade é que não se pode mentir tanto tempo. A verdade é que o que está oculto aos olhos humanos é revelado por Ele. Na verdade você é uma mentira ambulante. E como será que você consegue conviver com isso? Enganando tantos corações… Que egoísmo, não? A verdade é que eu não sabia que a palavra livramento serviria também em algo que eu tinha escolhido. Eu fiz a escolha errada mas Ele me livrou, Ele cuidou de mim. Acreditei sim e não me arrependo. Continuar lendo

Em um relacionamento sério com Jesus

large (1).jpg

Eu não quero coisas superficiais, não quero ser preenchida pelo o que pode facilmente partir para longe sem dar explicações, não quero abrir o meu coração para quem não sabe ser de verdade, não quero me apegar ao que não dura por toda a eternidade. Um amor sem profundidade não está na minha lista de acontecimentos extraordinários e tenho certeza que também não está na lista de ninguém que saiba a importância da entrega. O meu maior sonho não é encontrar alguém para amar e ser amada, não é encontrar alguém que possa, finalmente, me transbordar e tornar os meus dias felizes. No fundo, sei que almejo esse encontro com o amor, mas não torno isso algo essencial, que não posso viver sem. É sempre válido lembrar que pessoas são falhas e podem facilmente ferir umas as outras. A minha felicidade não pode depender dos meus amigos, da minha família ou o meu amor, muito antes disso ela já precisa estar enraizada em meu coração. Aqueles que amo não estão em minha história para me preencher e então transbordar, mas estão em minha história para somar. Continuar lendo

A diferença entre sentir saudade e sentir falta.

39c37cb7-143a-434e-a514-b48fa081047c

Sempre disse que existe uma diferença grande entre sentir saudade e sentir falta. Você sente saudade da sua infância, a nostalgia de coisas que te lembram momentos bons. Sente saudade de um amigo, de programas de TV e do sabor daquele sorvete que vendia perto da sua casa. Saudade daquela música que te lembra um passeio, uma viagem. E até então eu sentia saudade de muitas coisas. Mas experimentar o “sentir falta” é uma experiência que esmaga muito mais que a saudade.
Perder alguém próximo é uma experiência que consome aos poucos. Perdi meu avô, assim como você pode ter perdido alguém muito próximo de você. A falta de alguém é muito mais do que a saudade. A falta do cheiro, da voz, e até do som do caminhar apertam o coração. Quantas vezes aconteceu algo e eu quis contar pra ele? Quantas vezes sonhei com o barulho das chaves em seu bolso? Quantas vezes ainda vou me pegar pensando no seu cantarolar? E ao ver que são detalhes que ficam somente na memória, fecho os olhos e tento experimentar os momentos de forma mais real possível.
O luto é diferente, é a sensação da pessoa ainda estar ali e de repente você se dar conta que não está. Não é algo que você sente o tempo todo, mas que quando sente tira o ar. É a sensação de que nenhum tempo do mundo foi suficiente. A ausência se faz presente em todo lugar. São nos detalhes que você se perde e é na saudade que você repousa. São nas lembranças que você se conforta. É nessa saudade que você leva para sempre, que te lembra que os momentos bons não se apagam com o tempo.
São os momentos bons que ficam, no final de tudo. E por isso você deve aproveitar cada pessoa e cada momento, que são únicos, porque são eles que nos acompanham. São eles que nos fazem quem somos, e levamos um pedaço de cada pessoa por nossas vidas. Somos feitos de pedaços, e cada pedaço leva um nome e um momento único. Que sejamos mais doces, para que nossa marca no outro seja assim, nada além de bom.

Escrito por: Gabriele Sauthier

Porque é tão difícil esperar? Porque algumas coisas nos machucam tanto?

foto1

Eu sou a pessoa mais desastrada do mundo, é serio, chega ser até engraçado as vezes ( só as vezes).Então, estou sempre me machucando, inclusive tenho uma cicatriz -razoavelmente grande- no braço direito, que foi quando eu cai do cavalo (literalmente). E olhando pra minha cicatriz eu pensei em falar sobre feridas, tombos e machucados. Mas não como algo físico,  e sim emocional. São os tombos que levamos na vida, as feridas que ganhamos e os machucados que são frutos das nossas desilusões e decepções. Eu não sei qual o seu machucado, se ele já esta cicatrizado, se te deixou marcas, se a ferida ainda está aberta e continua a doer. Eu só sei que você precisa confiar. Quando eu quebrei meu braço, quando eu derrubei um pedaço de concreto no meu pé e fiquei dias com aquele machucado sem poder andar, quando eu torci meu pé, quando eu ralei o joelho brincando de bola na rua, eu só queria que aquela dor cessasse. Continuar lendo

Você tem que aprender a levantar-se da mesa quando o amor já não está sendo mais servido

14302594_613480355490975_67632032_n

Você tem que aprender a levantar-se da mesa quando ao invés de riso brotam lagrimas em seu rosto, quando ao invés de flores nascem espinhos em sua alma, quando o outro desconhece a palavra respeito e insiste em nos machucar.

Devemos nos retirar da mesa quando a amizade deixa de ser leve, o amor um fardo e a convivência conflitante.

Quando dispomos do nosso tempo, amamos e juramos ter feito “de tudo” e mesmo assim o outro insiste em se levantar da mesa e nos deixar ali sozinho. Continuar lendo

“Amor micro”

micro

“Dessas surpresas que a vida separa caprichosamente para nós, nada é tão gostoso quanto encontrar (quando se menos espera aliás) aquela pessoa que te faz perder o ar e a razão.

Começa a paquera, o namoro, casamento e com eles surgem idealizações de ambos sobre como seria o relacionamento ideal – restaurante “x”, passeio no parque “tal”, fazer isso, comprar aquilo, morar aqui, viajar pra lá….e a lista é infinita!
Mas então eu te pergunto:
O que diferencia pintores medianos de geniais? Qual a diferença da Apple pra Microsoft? Do Burger King pro McDonalds? Da Coca pra Pepsi?
Eu te respondo: Detalhes. Continuar lendo