Essa dor que você está sentindo vai passar

wmfuflnilt8-aidan-meyer

Eu lembro que a primeira coisa que senti foi um aperto no coração. E com ele uma mistura de sentimentos. É literalmente uma dor. As únicas coisas que você sente vontade é de chorar e gritar. E se der para gritar, pois se gritar vão surgir várias perguntas e o melhor é evitá-las. Raiva, ódio, vergonha, tristeza, amargura, fracasso oscilavam em meu peito, e até passou na cabeça um “queria morrer”. Na verdade, você não quer morrer, você só quer matar aquilo que está te ferindo. Seria uma ótima opção também dormir até passar a dor, ou melhor, apagar tudo o que aconteceu, coisa que é bem improvável.

Se você já passou por uma alguma decepção, sentiu a tão temida dor ou algo parecido, e se foi a primeira vez que isso te aconteceu, sinto lhe informar que talvez não seja a primeira e única. Geralmente as pessoas têm mais de um relacionamento desastroso, ou, paixonites que por si só acabam com um. Paixão essa que dura em torno de um a dois anos, já dizia uma amiga minha, e está aí uma coisa que eu nunca esqueci: “dois anos”.  E esse foi o período máximo de uma paixão minha. Acredito que depois disso fica muito difícil continuar criando um monte de ilusão. Na realidade, cansa mesmo. Não é uma regra, e não sei se é comprovado cientificamente, porém comigo foi esse tempo e com você pode ser diferente. Tempo esse que não vai ajudar em nada, mas talvez te dê um consolo por saber que há um tempo determinado para o fim.

Mas voltando para a dor, tem gente que acha que amar é sofrer, porém te digo uma verdade, amar não é isso. Você não é obrigado a aceitar o que a pessoa faz de errado e que acaba te ferindo por diversas vezes. Sinceramente, está bem longe disso ser amor. “Mas o amor tudo sofre, tudo crê”. Esse sofrimento que Paulo escreveu não está ligado a pessoa tratar mal a você, sua família e amigos. Não está ligado a aceitar o mau caráter que a pessoa é, e sim suportar os defeitos dela. Tem que ter bom senso para não levar ao pé da letra a palavra de Deus. Enfatizando: Você não é obrigado a passar por certas coisas que o deixam em um lugar de inferioridade. Sem respeito e sem confiança isso pode estar perto de ser tudo, menos de um relacionamento em que Deus está no controle.

Sim, você vai se apaixonar; idealizar uma pessoa que no final não é nada daquilo que você criou; colocar os pés pelas mãos para conquistar alguém que não está nem aí para ti; deixar passar alguém que gosta de você e que é até bem interessante; se decepcionar com as pessoas. Enfim, uma dessas coisas certamente irá acontecer contigo, a não ser que você namore com o seu primeiro namorado (a), mas até aí vai rolar umas dorzinhas no coração porque vai acabar descobrindo que a tal pessoa  perfeita não existe.

Eu estou aqui para te dizer que tudo isso passa, você ainda vai olhar para aquele cara ou moça e rir sem acreditar nas coisas que fez por ele (a), de como foi infantil, imaturo e trouxa. E aquela dor que no começo doía tanto, vai diminuindo com o passar do tempo. Você vai acabar descobrindo que não era para dar certo mesmo,  e que no futuro se enxerga o que acontece hoje. E o melhor de tudo, que Deus cuida de você, e é um amor que te constrange porque se não fosse Ele,  certamente não perceberias que  não podes aceitar pouco de alguém. Com a dor vem o aprendizado, com o desapontamento a força e a resiliência.

Se ainda não passou a sua dor, talvez seja a hora de você mesmo dar um “tchauzinho” para ela, decidir transformar esse passado em algo bom no presente. No fundo, você sabe que essa dor ainda está fazendo morada, só para permanecer viva a lembrança de algo que você não conseguiu superar, ou seja, o futuro tão esperado que não chegou. Mas o futuro ainda existe, só que é ainda melhor e creia que ele está por vir. Pegue uma vírgula e comece a escrever uma história de verdade, não essas da Disney, mas onde o roteirista é o melhor: Deus.

Escrito por: Maria Clara Carvalho

Anúncios

5 comentários sobre “Essa dor que você está sentindo vai passar

  1. Erika Oliveira disse:

    Amém!!!
    Vc detalhou exatamente como é, a pouco tempo passei pela primeira vez por isso, e acredite já tive outros namorados kkkk

    Mas sempre tem um q erroneamente fizemos” acho q esse é pra sempre” rsrsrs

    Enfim , sofri e senti tudo q vc descreveu incluindo gritar, mas se calando pra n ouvir perguntas.

    Me tranqüilo no meu mundinho( fui pra caverna)
    E falei com o senhor ” pai tô um cocozão fiz bobagem, minha vida sentimental é tua, entreguei meu coração a quem não o queria, tô dodoi me sara, me trata,me restaura”

    Gostaria de dizer q foi rápido, gostaria de dizer q foi um milagre repentino, mas as noites forao longas, e isso engloba pesadelos .

    Muitos menosprezam a dor emocional, mas acredite, se vc nunca sentiu não adianta, vc só irá saber quando sentir….

    Realmente, existem horas que amputar um membro sem anestesia se compara.

    Ouvia pregações, louvores as saídas e voltas pra casa erao torturantes, msmo de se esconder em cantinhos pra ter direito de chorar em paz sem perguntas.

    O silêncio era como um punhal no meu ventre, e a dor foi tão bem materializada q eu n comia eu n bebia e cogitei um jejum

    ( Ou o senhor me sara, ou eu não como nunca mais)

    Deus é tão misericórdioso q me agraciou com sua palavra em provérbios onde falava sobre o jejum perdão,traiçao e injustiça.

    Fui a minha alimentação , perdi 10 kilos em dois meses.

    E dor continuava , quando via ele com fotos super feliz curtindo a nova fase de vida com a sua namorada nova me corroia ( pq só eu sofro pq só eu sinto q boba eu sou)

    Tomei uma posição com Deus e comigo msmo , cortei todos os laços de amizade e contato.

    Não tinha cabimento sofrer por algo q foi mentira.

    Quando fiz isso a restituição começou a chegar, eu não me machuca mais com as declarações deles pq simplesmente eu não via

    Vire e volta tinha um usado do capeta q me falava como ele está super bem hiper feliz. Mandava foto.

    Nesse momento até de telefone eu mudei,
    Preferi me blindar enquanto papai me tratava.

    O último dia luto foi no meu aniversário, sai pra comer com umas amigas e quando veio aquela sobremesa q eu e o falecido brincávamos e combinamos juntos eu desmoronei delicadamente as lágrimas desceram pela última vez e eu sorrateiramente fui ao banheiro e chorei por duas horas, e ali ( hoje eu vejo) eu o enterrei.

    Foi a minha oração mais fervorosa da vida, em línguas pedi ao pai me desavorrentar daquela prisão canal de sentimento não recíproco, e em autoridade de profeta ortergada por Deus decretei minha liberdade.

    Gostaria de dizer q comi a sobremesa, mas não consegui.

    Mas é com louvou que eu digo, as noites se encerraram passei a dormi

    Quando ele entrava em contato comigo, no lugar da dor veio em um primeiro momento repulsa, me enjoava pensar nele, e literalmente eu vomitava quando involuntariamente meu subconsciente lembrava de algo bom entre nois.

    Em um segundo momento, situaçoes em q eu me forçava a rir pra manter a boa máscara , realmente , estavam tendo graça e oq eu tinha desgostado eu me apaixonei novamente.
    Com isso aquela repulsa passou, passei a dialogar com ele naturalmente, a repulsa virou pena, comecei a ter pena dele por ver enquanto ele encarnava eu vivi um amor verdadeiro e pobre coitado não deve fazer idéia do que é isso.

    Talvez nunca descubra, ou talvez descubra quando for tade demais ou não correspondido

    Em um terceiro momento voltei com muito empenho as minhas atividades, aquele sentimento de pena virou carinho, o amor Heros virou amor Ágape.
    Passei a orar por ele pedir q o Senhor o permitisse encontrar alguém q o abençoasse e envolvesse com um vdd amor.

    O nome dele q n ousava mais pronunciar começou a sair espontaneamente e sem dor sem más lembrança s sem falta sem ciúme.

    Agora era/ é só um nome
    Agora é só mais um nome
    Agora é só mais uma história

    Passei a me permitir, passei valorizar quem sempre gostou de mim.

    Estou me permitindo, e estou gostando do que estou vendo.

    Vejo dupla honra.
    Vejo paz
    Vejo vitória
    E senti q o melhor de Deus ainda está por vir!!!

    Curtir

  2. lorennalemos2@gmail.com disse:

    Nossa, descreveu muiiiiiiito bem. Estou passando por esse processo doloroso, mas a cada dia Deus tem me ajudado. E sei que um dia olharei para a cicatriz e não sentirei mais dor. 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s