Quem não é um bom ímpar, jamais será um bom par.

large-5

Esses dias, eu estava querendo comprar um vestido para ir a um casamento e fui ao shopping, andei por todas as lojas e outros shoppings e nada de encontrar. Sabe quando você olha na vitrine e vê um vestido que nossa: PERFEITO! Então, foi bem assim. Mas sabe quando você prova e não sei por qual motivo fica horrível em você? E mais, quando você vê alguém provando o mesmo vestido e você pensa: “Poxa, ficou perfeito nela, se eu tivesse esse corpo, se eu fosse menos isso, menos aquilo”, começa a botar defeito em você e se rotular como problema. Ou quando você olha aquele vestido, gosta, mas não tem nem o seu número nem a cor que você gosta. Continuar lendo

Talvez a gente se esbarre e se conheça de novo com o olhar mais maduro e o coração mais decidido

foto-querido-john

“Talvez a gente se esbarre e se conheça de novo com o olhar mais maduro e o coração mais decidido.” Tatiane Argenta

Eu achava que aos poucos a gente morria de amor, depois do fim, depois da despedida, mas não, ninguém morre. Dói muito e a angústia chega a apertar o peito, você chora baixinho pra ninguém ouvir antes de dormir e a saudade te invade de um jeito avassalador. Quantas vezes eu quis saber como você estava sem mim, se encontrou outro alguém ou se ainda pensa em nós. Mas, todas as dores, as feridas, as noites em claro, a angústia que se fazia presente em meu peito, a dor que persistia em ficar, tudo isso passou, a tempestade acabou e deixou-me ainda mais forte. Depois do fim é difícil recomeçar e como dói lembrar daquele adeus. Continuar lendo

Talvez você esteja idealizando demais, talvez ele seja o grande amor da sua vida.

larfoto

Qual é a sua concepção sobre o amor?

Já vi muitas pessoas suspirando de amores quando acabam de ver um filme de romance e dizer: “Isso só acontece na ficção, na vida real não é bem assim” em tom de desapontamento.

Realmente a realidade é bem diferente dos filmes romanceados que vemos por aí. E na maioria das vezes esse é o nosso problema, porque idealizamos demais algo que foge do certo e errado, de algo que não se enquadra em padrões, e, como consequência estamos sempre nos decepcionando quando o assunto é esse tal do amor. Idealizamos um amor que está longe de ser e de acontecer, porque o amor não segue essa lógica idealizada. Na vida real o amor enfrenta o medo, encontra como bloqueio as diferenças e a insegurança.

Nem sempre o cara vai te levar para um jantar à luz de velas e o primeiro encontro será perfeito, daqueles que você chega em casa suspirando e corre contar para as amigas. Nem sempre ele vai te ligar incansavelmente até você atender depois do primeiro encontro. Talvez, na realidade, as coisas sejam um pouco diferentes. Talvez vocês se conheçam comendo um “dogão”, se lambuzando de sorvete e rindo de coisas bobas em uma noite qualquer. Talvez ele vá de bicicleta te ver e não meça esforços para arrancar um riso teu.

Pode ser que o cara não seja o mais desejado pelas mulheres, não tenha tantas curtidas nas fotos, deteste academia e não abra mão de assistir um jogo de futebol no domingo à tarde. Talvez ele seja aquele que te beija na testa enquanto vocês esperam o elevador, que leva você ao cinema para ver aquele filme que você tanto quer ver e te deixa escolher o sorvete do Mc Donald’s

Talvez ele seja aquele cara simples com o coração gigante que te encanta a cada dia, que te abraça quando você está triste e que sussurra em seu ouvido “eu estou aqui com você”.

Pode ser que ele seja o homem que te olha como quem te admira e depois diz o quanto você está linda como quem espera o teu sorriso tímido disfarçado de amor. Aquele cara que te olha nos olhos sem medo do silêncio, sem medo do que possa vir depois e que encare as tempestades com você.

Talvez ele seja o cara que ame a tua paixão por comida e sabe que te levar para comer um lanche com muita batata palha, é certo pra te fazer feliz. Talvez ele não seja um príncipe como nos contos de fadas e tudo não aconteça tão rápido quanto nos romances, mas é que na realidade as coisas são diferentes.

Talvez ele seja o grande amor da sua vida, um amor que não se enquadra nos seus padrões.  Pode ser que ele seja o cara que realmente te deixa à vontade para ser quem você é, aquele que te da a liberdade para soltar a sua risada escandalosa, e te deixa à vontade para contar aquela piada sem graça que ninguém ri.

Pode ser que você esteja idealizando demais, vivendo de menos, esperando muito e se decepcionando em dobro, deixando de ser feliz com quem realmente te faz feliz. Saia dos padrões, se liberte dos status e permita-se, afinal, o novo é bonito e não assustador como parece.

O amor na vida real é mais bonito que o conto de fadas, não nos garante finais felizes e nem um príncipe encantado, mas nos garante um coração disposto a amar, nos faz amadurecer e melhorar tanta coisa em nós que é bonito ver a evolução de nós mesmos com o tempo e com o outro.

O amor na vida real nos permite pisar em terra firme e, ao mesmo tempo, alçar voo como quem deseja viajar no mundo do outro. O amor dos contos de fadas, dos filmes romanceados tem a sua trilha sonora, mas como é bonito se reinventar e poder escolher a nossa própria melodia.

Escrito por: Thamilly Rozendo

Eu só precisava de alguém que me fizesse acreditar de novo no amor

15033568_1218792218191576_1343481686_n

Eu achava que não precisava de ninguém, depois de tantos tombos e feridas me fechei para esse tal do amor. Na verdade eu não sabia que eu precisava, depois de tantas histórias e fracassos, de alguém que tivesse paciência comigo, que entendesse as minhas feridas e a parede que criei em meu coração. Alguém que visse os meus bloqueios como algo que pudesse ser destruído, que não entendesse as minhas grosserias e falta de romantismo como falta de sentimento, mas como medo. Medo de me machucar, de novo. Continuar lendo

Hoje eu preciso te encontrar de qualquer jeito, nem que seja só pra te levar pra casa…

10686723_896130123796422_887619458979369712_n

Hoje é aquele dia típico em que eu gostaria de olhar em teus olhos e dizer que vai ficar tudo bem. Segurar em tuas mãos e dizer que a tempestade vai passar. E que eu estarei aqui com você. Hoje seria o dia em que eu desejaria te surpreender com uma passagem para um lugar qualquer desse mundão, como quem arranca um sorriso teu com a calmaria de um lugar tranquilo.

Hoje é o dia em que eu desejaria o teu abraço forte como quem sufoca e quebra todos os meus medos. Aquele calor de duas almas que se encontram num abraço de saudade. Continuar lendo

Ele achou que nunca a perderia…

large-7

Ele tinha certeza: Ela o amava. E foi usando desse álibi que ele pisava, magoava e depois pedia perdão, pois sabia, ela o perdoaria. O coração dela sempre muito solícito perdoava e se recompôs por diversas vezes. Tentou fazer dar certo, engoliu os sapos e acabou se engasgando, muitas vezes, com aquelas palavras não ditas por medo de começar ou prolongar uma briga. Continuar lendo